Lugares Incríveis para Mergulhar pelo Mundo


Costumamos dizer que o esporte Mergulho pode se praticar em muitos lugares do mundo, e nesse post vamos dar algumas dicas de lugares incríveis para se mergulhar. Então se ainda não decidiu suas ferias se liga nesse post que pode ajudar você escolher um lugar maravilhoso para curtir um mergulho de dar folego!

Belize

Localizado no nordeste da América Central, as águas cristalinas e o ecossistema formado por peixes de cores variadas, golfinhos, arraia-mantas (arraias mantas são uma das maiores do mundo), pequenos tubarões, manguezais, atóis e a maior barreira de corais do Hemisfério Norte – com 298 km de extensão - fazem do local um dos pontos procurados para mergulho. Mas é o famoso “Blue Hole” (foto), no centro do atol Lighthouse Reef, a verdadeira obra-prima de Belize. Trata-se de uma circunferência escavada pela natureza no meio da barreira de corais, com mais de 300 metros de diâmetro e 135 metros de profundidade, onde mergulhadores experientes encontram enormes estalactites e estalagmites, algumas com mais de cinco metros de comprimento.

A melhor época para mergulhar em Belize está entre os meses de abril e junho. Os principais pontos de mergulho são as ilhas Turneffe, o Lighthouse Reef, o Atol de Glover e Ambergris Cave. A vantagem para o visitante é que o turismo se estruturou para os interessados em mergulho e são diversos resorts e agências especializadas na modalidade. As temperaturas altas, com média de 29°C, incentivam ainda mais os passeios aquáticos e são responsáveis pela rica vida marinha de Belize. A língua oficial dos moradores locais é o inglês e a moeda é o dólar de Belize.

Mar Vermelho

O golfo do Oceano Índico entre a África e a Ásia, ou onde o deserto se encontra com o oceano, possui águas mornas e cristalinas, barreiras de corais – com mais de 200 tipos diferentes - que chegam a atingir 300 pés de profundidade. A vida aquática rica, com espécies coloridas, como peixe-borboleta, peixe-papagaio, arraias-manta, tubarões, tartarugas, moreias e os gigantes peixes-napoleão, fazem do local interesse de mergulhadores. Os acessos pelas cidades egípcias Sharm El Sheick e Hurghada são os mais procurados pelos turistas.

Para os mais aventureiros, há a opção de alugar um barco por uma semana para chegar a lugares remotos do oceano, que não podem ser acessados em passeios de um dia. O Mar Vermelho tem cerca de 2 mil quilômetros de extensão e banha oito países da região, porém, é visitado principalmente pelo Egito. A temperatura da água fica em média em 25°C e as melhores épocas para mergulhar são os meses de março a maio, e de setembro a novembro. A língua oficial do país é árabe e a moeda é a libra egípcia.

Tailândia

Se o país é considerado um dos paraísos asiáticos para quem gosta de praia, não poderia ser diferente em relação ao mergulho. As águas calmas e claras formam o ambiente perfeito para explorar a vida subaquática da região e tirar fotografias, devido à alta visibilidade. São mais de 2 mil quilômetros de costa banhada pelo Oceano Índico, onde os turistas podem encontrar tubarões baleias (foto), baleias, arraias, além de recifes de coral. Há vários pontos famosos pelo mergulho, entre eles a ilha de Kho Tao, de Phuket e as ilhas Similan.

Kho Tao (Ilha Tartaruga) é indicada para mergulhadores iniciantes. Em Phuket, as atrações subaquáticas mais procuradas pelos turistas são o Ponto do Tubarão, onde os mergulhadores podem se deparar com tubarões-leopardo, e uma viagem para explorar os destroços do ferry King Cruise. Os mais experientes e com espírito de aventura podem optar por uma viagem de barco por dias pelas ilhas Similan, exóticas e inabitadas com inúmeras espécies marinhas. A temperatura média nas ilhas da Tailândia, ao longo do ano, é de 30 °C e o período entre os meses de novembro e fevereiro é o mais indicado para o turismo. A língua oficial do país é tailandês e a moeda é o baht tailandês.

Indonésia

Como o maior arquipélago do mundo, que ocupa parte do continente da Ásia e da Oceania, não poderia ficar fora da lista de destinos preferidos dos mergulhadores. As mais de 17 mil ilhas do país são banhadas por águas ricas em vida subaquática, com mais de 3 mil espécies de peixes e cerca de 600 de corais. Golfinhos, baleias-piloto, arraias e até um vulcão submarino são atrações durante o mergulho. A Indonésia conta com cerca de 500 pontos de mergulho, entre os mais famosos, estão Raja Ampat, Ilhas Banda, Sulawesi, Komodo e Bali.

Bunaken, em Sulawesi (foto: uma das áreas mais famosas), é cercada de águas cristalinas. Já Banda combinam a variedade de peixes de recife com corais rígidos e esponjas. Em Komodo, os visitantes podem encontrar tanto os lendários dragões, como recifes cheios de cores, arraias, golfinhos e dugongs (mamíferos parecidos com os nossos peixes-boi). A ilha mais famosa do arquipélago, Bali, tem opção de mergulhos de praia e contato com tubarões de recife. Mas os mergulhadores não viajam à Indonésia apenas para ter contato com o ecossistema da região: muitos são atraídos por riquezas de navios naufragados ali. A temperatura da água na Indonésia varia entre 19°C e 30°C e a melhor época para visitar a região é entre abril e dezembro. A língua oficial do país é o indonésio e a moeda é a rupia indonésia.

Bahamas

São mais de 700 ilhas e duas mil ilhotas em águas caribenhas onde o sol brilha o ano inteiro, que atraem turistas interessados em naufrágios e na fauna subaquática. O mar azul turquesa tem visibilidade de cerca de 70 metros. New Providence é um dos principais destinos para mergulho, localizada sobre cavernas, “blue holes”, e um abismo submarino. É lá onde acontece uma das principais atrações de Bahamas: mergulho e alimentação de tubarões. Outro ponto de visitação de mergulhadores é Grand Bahama, onde os turistas podem ter contato com tubarões e golfinhos, além de conhecer o navio THEO´s, naufragado artificialmente.

Um destino não tão famoso como New Providence e Grand Bahama, é Bimini. Entre as atrações, estão recifes rasos e profundos, paredões e o navio norte-americano Sapona. Bimini é excelente para a prática de snorkelling. A temperatura média da água é de 24°C e a melhor época para visitar as Bahamas é entre os meses de abril e setembro, para evitar a da temporada dos furacões. A língua oficial das ilhas é o inglês e a moeda é o bahamian dólar.

Polinésia Francesa

O arquipélago formado mais de 100 ilhas e atóis na Oceania é um dos lugares mais paradisíacos do mundo. Entre as principais ilhas para mergulho, banhadas pelas águas entre o Chile e a Nova Zelândia, estão Tahiti, Moorea, Bora Bora, Huahine, Raiatea e Tuamotu. O mar é cristalino e calmo, com anéis de corais e formações rochosas vulcânicas submersas. Bora Bora concentra diversos pontos para mergulho com cilindro e snorkel. É um aquário a céu aberto com corais, cações, peixes-leão, moreias, tartarugas marinhas e tubarões.

Em Moorea, assim como em Bora Bora, é possível realizar mergulhos e alimentar tubarões-lixa. Rangiroa, o maior atol das ilhas Tuamotu, possibilita a interação com tubarões, golfinhos, peixes-napoleão, arraias (foto), barracudas, entre outras espécies subaquáticas. A temperatura da água fica em, aproximadamente, 26°C. A melhor época para visitar a região é entre os meses de maio e outubro. A língua oficial da região é o francês e a moeda é o franco.

Ilhas Galápagos

O arquipélago equatoriano de 13 ilhas, com apenas quatro habitáveis, é o destino perfeito para quem deseja ver animais como tubarões-martelo, leões-marinhos, pinguins, iguanas, golfinhos, arraias e tartarugas gigantes. A região ficou famosa após servir de inspiração para o pesquisador Charles Darwin elaborar a teoria da evolução, tanto que uma das ilhas mais famosas recebeu o sobrenome do naturalista. A outra mais importante é a Wolf. As duas são os melhores pontos de mergulho.

Galápagos tem origem vulcânica e paredões submersos de até 3 km de profundidade. É um dos destinos mais virgens em mergulho no mundo. No entanto, é preciso experiência pela ocorrência de correnteza. Os melhores meses para mergulhar em Galápagos são dezembro, janeiro, maio e junho. A temperatura da água fica entre 21°C e 26°C. A língua oficial é o espanhol e a moeda é o dólar americano.

Austrália

O país é conhecido por abrigar belas praias da Oceania e ser point de surfistas do mundo todo. A Austrália, porém, tem também muito a oferecer aos mergulhadores. É lá onde está localizado o mais longo recife do mundo – com cerca de 2 mil quilômetros de extensão -, chamado de Grande Barreira de Corais (foto). Ali há no mínimo 2,8 mil tipos diferentes de corais, com cores variadas, além de uma riquíssima vida marinha. Polvos, lulas, peixes e tubarões fazem parte da fauna que o mergulhador encontra por lá.

É possível praticar snorkel e ter visibilidade quase tão boa quanto a de um mergulhador com cilindro. Passeios ainda disponibilizam exploração por caminhada subaquática, em que o turista usa uma espécie de capacete para respirar sob a água; submarino; e o próprio mergulho com cilindros. A temperatura da água é de, em média, 25°C e entre os meses de abril e novembro está o melhor período para mergulhar na Austrália. A língua oficial do país é o inglês e a moeda é o dólar australiano.

Você que é mergulhador escolha sua próxima viagem, e se você ainda não for um Mergulhador ou Mergulhadora não perca mais tempo. Conheça nossos Cursos de Mergulhos Completos. Clique Aqui!

#aventurassubaquáticas

338 visualizações

Arte Swim And Dive - CNPJ: 00.738.579/0001-94 - Bairro do Alto da Lapa - São Paulo - SP

WhatsApp +55 11 98822-9887 * e-mail.: arteacademiadive@gmail.com

Arte Academia Dive - NAUI

Como pioneira  na educação  de mergulho, a NAUI tem desenvolvido muitos programas e conceitos  aceitos por toda indústria. A NAUI tem constantemente no sentido de aumentar a segurança do mergulho através de atualizações nos programas e Standard da Associação.   

© 2015 Arte Academia Dive. Produzido por Easy Comunicação e Mídia para PME.